Fechar

TERRENO 1 - TEM A PREFERÊNCIA PARA SEDIAR NOVA ESCOLA REINALDO N. FERREIRA - VILA PLANALTO

02/02/2018
Nesta tarde de sexta-feira (02), aconteceu a consulta aos pais e responsáveis pelos alunos matriculados na Escola Municipal Reinaldo Nunes Ferreira, instalada na Vila Planalto, sobre qual local a comunidade escolar indica como a primeira opção, entre duas áreas que até o momento, estão disponíveis para o projeto da construção da nova escola. "A construção da nova escola é a realização de um sonho de toda a comunidade", destacou Joraci F. de Paula, diretora da escola, ao abrir a reunião.   CONSULTA AOS PAIS   A Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizou uma consulta à comunidade escolar, por entender que os pais devem participar diretamente do projeto. "Buscamos uma forma transparente e democrática de conhecer a opinião dos pais dos alunos da escola Reinaldo", disse o secretário Alfredo Luiz Schavaren.   DUAS ÁREAS DISPONÍVEIS   Até o presente momento, a prefeitura municipal dispõe de uma oferta da Câmara Dirigentes Lojistas (CDL), de um lote localizado na saída para o Patrimônio dos Cajos, o mesmo onde está o campo de futebol da CDL (1), e um outro terreno, que já é do município, ao lado da CEEP (2), Centro Estadual Educação Profissional. "Ambos terrenos estão nas extremidades do zoneamento urbano da Vila Planalto, e podem vir à serem aprovados pelo Ministério de Ecucação e Cultura (MEC), se estiverem dentro das normas técnicas do projeto, com área plana para construção e 80m X 100m, entre outras exigências", explicou Mara França Renauer, da Assessoria de Planejamento.   INVESTIMENTOS   O projeto, que têm a indicação do Deputado Federal Sérgio Souza, terá o investimento de  aproximadamente 4,5 milhões, recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e deverá ser concluído em até 12 meses, e os prazos terminam em 30 dias para a documentação inicial. "Houve um atraso nos protocolos iniciais devido a prefeitura ter pleiteado de diversas formas, adquirir uma área vizinha à atual escola, porém, não houve êxito devido o tal terreno ser objeto de uma ação judicial, e isto demandará de um tempo maior até que se resolva. E no momento, a prefeitura não pode mais esperar", explicou Anderson Seguro, Procurador Jurídico do Município.   A ESCOLHA   Após todas as explicações técnicas, dos 111 pais presentes à reunião,1/3 correspondente ao número de alunos matriculados, 62 pais optaram pela opção 1 'Terreno CDL', 48 escolheram a opção 2 "Terreno CEEP", e 01 não votou, deixando a cédula em branco. "Agora, vamos correr com a documentação exigida pelo Ministério e o FNDE, para viabilizarmos o projeto e garantirmos esse benefício para nossas crianças, que merecem estudar numa escola nova, com mais conforto, segurança e comodidade", disse o prefeito Dr. Maicol Callegari Barbosa.   Dentro da escolha pelo terreno da Associação CDL, ainda faltam algumas etapas à serem cumpridas: aprovação de projeto de Lei de Doação, na Câmara de Vereadores, verificação de todos os documentos, registros e escrituras, aprovação dos órgãos do Meio Ambiente / IAP e outros, para que se confirme o local em definitivo.     AUTORIDADES PRESENTES   Compareceram o prefeito Dr. Maicol Callegari Barbosa, o vice prefeito Carlos Alberto Brandalise, o presidente da Câmara, José Veres, o vereador Luiz Matos, os assessores Claudemir Portes, Mara França Renauer, Anderson Seguro, Layne Santos, o secretário Alfredo Luiz Schavaren, a Diretora da Escola Joraci Ferreira de Paula e Vera Lúcia Miranda de Melo, presidente da APMF (Associação de Pais, Mestres e Funcionários), além de servidores, professores, pais de alunos e imprensa local.
Compartilhe nas redes sociais: